Com isenção de taxa, Goiás fica mais perto de ganhar Hospital do Câncer

Estado ainda espera assinatura do termo de cessão do terreno por parte da União

Rafael Tomazeti -
Governador Ronaldo Caiado e prefeito Rogério Cruz após a sanção da isenção. (Foto: Secom Goiânia)

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), sancionou na última quinta-feira (02) a lei que isenta o Estado de pagamento de taxa sobre o terreno doado pela União para construção do Hospital do Câncer.

O texto já havia sido aprovado pela Câmara Municipal e garante economia de R$ 269 mil aos cofres do Governo de Goiás.

A área em questão se chama Fazenda Retiro e está localizada no quilômetro 4 da rodovia BR-153, sentido Anápolis. O local era da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e hoje é controlado pela Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), vinculada ao Ministério da Economia.

São 136,4 mil metros quadrados que abrigarão o Complexo de Tratamento Oncológico. A União ainda precisa assinar o termo de cessão do terreno para que então as obras possam ter início.

O Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo, referência no país, vai auxiliar na elaboração do projeto em Goiás.

A unidade de Goiânia contará com alas alas de internação, ambulatório, recuperação, quimioterapia, radioterapia, cirurgia, tecnologia em robótica e leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Haverá, ainda, setor para abrigar familiares de pacientes, oriundos de municípios do interior de Goiás, que estiverem em tratamento na unidade.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.