GIH prende os suspeitos de matar irmãos durante festa em chácara de Anápolis

Um deles já confessou o crime e apontou porque assassinato ocorreu no dia

Da Redação -
Guilherme Martins e Thiago Martins eram irmãos e foram executados em festa na Vila São Vicente. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Dois suspeitos de matar os irmãos Guilherme e Thiago Martins, de 24 e 21 anos, respectivamente, foram presos nesta sexta-feira (03), em Anápolis.

Eles são acusados de atirar contra os jovens durante uma festa em uma chácara, na Vila São Vicente, conhecida como “Igrejinha”, zona rural do município, no dia 12 de março.

Delegado responsável pela operação, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), Fábio Vilela deu detalhes das investigações ao Portal 6.

“O principal suspeito tinha se envolvido em uma briga com a vítima meses antes. Temos evidências que foi mais de um atirador”, afirmou.

Após a prisão, um dos suspeitos confessou o crime. “Fala que matou para resguardar a vida do outro”, continua o delegado.

O segundo, por outro lado, nega que participou da ação. “Mais de uma pessoa atirou. Atiraram nos dois, mais de uma vez”, frisou.

Além da prisão dos homens, foi encontrada uma arma de fogo, o que gerou um auto de prisão em flagrante pela posse irregular.

Um exame pericial será realizado para verificar se foi esta a utilizada para cometer o crime. Os suspeitos alegam que ela só foi adquirida depois do assassinato.

Com o resultado da perícia em mãos, a Polícia Civil deve concluir o inquérito e enviá-lo ao Poder Judiciário.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade