Julgamento do caso Valério Luiz é adiado pela 4ª vez

Decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (14) e nova data já está marcada

Pedro Hara -
Júri teve início nesta segunda-feira (13). (Foto: Acaray Martins/TJGO)

O julgamento do caso Valério Luiz foi adiado pela 4ª vez. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (14), após um dos jurados passar mal.

A sessão foi remarcada para o dia 05 de dezembro. Responsável por presidir o júri, o juiz Lourival Machado foi quem determinou o término e a nova data.

“Vou ser obrigado a dissolver o conselho de sentença. Um jurado passou mal e não tem condições de continuar. Nova data no dia 05 de dezembro”.

Filho do jornalista, Valério Filho disse que os jurados estavam confinados em um hotel, sob a tutela de um Oficial de Justiça, mas que mesmo assim ele conseguiu sair do local.

“Existia um Oficial de Justiça no hotel, mas o jurado deu um jeito de sair sem o oficial ver. Foram 03h sem saber com quem ele falou, o que ele fez”, pontuou.

Agora, o próximo passo da acusação será pedir uma investigação sobre a conduta do jurado após sair de onde estava hospedado.

“Vamos pedir a investigação, se for configurado que alguém entrou em contato com ele, é muito grave. Pode ter até consequências no processo. Se ele saiu do hotel, houve uma contaminação. A gente não sabe quem falou com ele, onde que ele foi. Ele disse que foi pro hospital, mas não tem como saber”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.