“Amor, fiz besteira”: casal foge para roça após matar homem e abandonar o corpo em Senador Canedo

Presos, eles narraram como foi o assassinato e explicaram a motivação para o crime

Da Redação -
Claudiomar não resistiu após levar golpe de canivete. (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar prendeu, na noite desta sexta-feira (17), no município de Bonfinópolis, um homem de 38 anos que confessou ter matado outro, de 54, com um golpe de canivete.

Aos agentes, o suspeito afirmou que ele e a esposa, de 36 anos, estavam morando na casa de Claudiomar Fernandes de Moraes, em Senador Canedo, há cerca de um mês.

O crime em si, porém, teria ocorrido no último dia 11, quando o mais velho teria chegado na residência sob possíveis efeitos de drogas, xingado e dado um tapa no rosto do mais novo.

Foi neste momento que o suspeito alega ter sacado a arma branca do bolso e desferido um golpe na vítima, que caiu de imediato no chão.

Ao perceber o que havia feito, ele ainda disse para a esposa “olha amor, fiz besteira”. Em seguida, pegaram algumas roupas e fugiram, deixando o corpo para trás.

Inicialmente, o casal ficou na casa de um amigo. Depois, sabendo que Claudiomar tinha falecido, ambos resolveram se esconder em uma roça, já em Bonfinópolis.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.