Casal que viveu pesadelo tentando quitar carro em Goiás será indenizado pela Caixa

Para o juiz, ficou constatado que banco não teve má fé, mas que falhou ao prestar serviço às vítimas

Gabriella Pinheiro -
Caixa Econômica Federal. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 43.460,93 para um casal que foi vítima de um golpe ao tentar quitar o financiamento de um veículo, em Goiânia.

De acordo com a advogada da dupla, Andreia Bacellar, os dois adquiriram o automóvel em uma concessionária no valor de R$ 78 mil, juntamente com uma entrada de R$ 32 mil.

No entanto, logo após a compra, o casal resolveu quitar o valor restante. Por isso, acessarem o site da montadora e receberam o boleto para realizar o pagamento.

Conforme a defesa, a quitação da dívida foi realizada em uma agência da CEF sem qualquer impedimento. Contudo, 13 dias após o pagamento, eles foram surpreendidos com a notícia de que foram vítimas de uma fraude.

As vítimas realizaram um Boletim de Ocorrência no intuito de contestar a instituição financeira responsável.

Em resposta, eles foram informados que não teriam direito à restituição do valor total, mas que receberiam cerca de R$ 6 mil.

Na decisão, o juiz federal Sérgio Wolney de Oliveira Batista Guedes, da 14ª Vara Federal de Juizado Especial Cível da Seção Judiciária de Goiás (SJGO), afirmou que embora não tenha sido comprovada a má fé do banco, houve uma falha na prestação de serviço aos consumidores.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.