Suspeito de estuprar e matar garotinho e esconder corpo em milharal é indiciado

Se condenado, Valteir Camargo pode pegar pena de até 50 anos de prisão

Da Redação -
Victor Henrique Alves dos Santos, de 10 anos, foi encontrado morto em milharal de Maurilândia. (Foto: Reprodução).

Valteir Camargo, de 51 anos, suspeito de ter estuprado e matado o garotinho Victor Henrique Santos, de 10 anos, foi indiciado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (27).

O caso aconteceu em abril deste ano, na cidade de Maurilândia, na região Sudoeste de Goiás. O menino foi dado como desaparecido pela família e o corpo foi encontrado três dias depois, jogado em um milharal localizado nos fundos da residência do suspeito.

Na época do crime, Valteir teria atraído a vítima com a promessa de que daria alguns doces e refrigerantes para a criança.

No entanto, o homem aproveitou a ingenuidade do menino para abusar sexualmente dele. Depois disso, ele o matou violentamente.

O suspeito chegou a fugir para Mato Grosso, mas a Polícia Militar o encontrou e prendeu em um município próximo da Bolívia.

Agora, Valteir Camargo foi indiciado por estupro de vulnerável, homicídio qualificado e também por falsidade ideológica. Se ele for condenado, a pena pode chegar a até 50 anos de prisão.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.