Em Bonópolis, Caiado presta condolências à família de crianças assassinadas

Governador também se reuniu com parlamentares e equipes das forças de segurança responsáveis pelo caso

Aglys Nadielle -
governador Ronaldo Caiado e primeira-dama Gracinha Caiado são recebidos pela mãe e avó dos irmãos assassinados em Bonópolis, no Norte de Goiás (Foto: Hegon Corrêa/SECOM)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) realizou nesta segunda-feira (11), uma visita à família das crianças que foram mortas brutalmente na última semana, em Bonópolis.

Em luto pela perda do filho, Ronaldo Caiado Filho, de 40 anos, que faleceu no dia 03 de julho, o chefe do Executivo Estadual retomou a agenda oficial e foi levar as condolências pessoalmente.

Além disso, ele que estava acompanhado pela presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, também se reuniu com parlamentares e equipes das forças de segurança responsáveis pelo caso, que segue em investigação.

“O meu sentimento, ao saber do ocorrido, foi de vir aqui trazer as condolências e apoiar toda a comunidade impactada com a notícia… e dizer que nosso serviço de segurança pública já avançou bastante”, ressaltou o governador.

O principal suspeito foi localizado pela Delegacia de Polícia Civil de Bonópolis junto ao Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Porangatu e ferido durante confronto. O homem identificado como Reginaldo José Barbosa, de 37 anos, acabou morrendo em atendimento no hospital local.

Outro possível autor do crime foi preso no mesmo dia. Segundo o delegado responsável, Danilo Wendell, falta apenas à conclusão de laudos periciais para finalizar o inquérito.

Relembre o crime

Os irmãos Ayla Luciene, de 05 anos e Luiz Otávio, de 07, foram encontrados já sem vida na última quarta-feira (06). O menino foi achado pela própria mãe na casa em que morava, já a garota foi encontrada em uma mata a cerca de 200 metros do endereço da família, com sinais de violência sexual.

Testemunhas viram o suspeito deixar a residência com um saco preto nas mãos. As vítimas foram sepultadas no cemitério de Bonópolis, na quinta-feira (07).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade