Mulheres são responsáveis por chefiar mais da metade dos lares em Goiânia

Levantamento foi divulgado pelo IBGE e apontou que elas ainda ganham menos que os homens

Isabella Valverde -
Mulheres lideram mais da metade dos lares da Capital e 47,1% em Goiás. (Foto: Reprodução)

Um levantamento divulgado nesta sexta-feira (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que as mulheres são as grandes responsáveis por chefiar mais da metade dos lares de Goiânia.

No entanto, mesmo assumindo este papel de extrema importância e possuindo mais qualificações, elas seguem sendo pouco valorizadas e recebem salários inferiores dos homens que ocupam a mesma função.

Fazendo uma comparação, a primeira vez que a pesquisa foi realizada, ainda em 2012, apontou que na Capital 35,8% das residências era lideradas por mulheres. Já em 2021, data do último levantamento, o número subiu para 53,3%.

Esse crescimento não foi percebido apenas em Goiânia. Nas demais regiões de Goiás, a liderança feminina nos lares passou de 30,8% para 47,1%.

Mesmo provando a capacidade para exercer funções de chefia e contando com mais estudos, isso não mudou em nada a situação no mercado de trabalho.

Segundo o economista Edson Roberto Vieira, chefe do IBGE, mesmo com tanta evolução, as mulheres seguem recebendo salários 30% menores do que os homens.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade