PROS abandona Pablo Marçal para apoiar Lula e coach goiano promete entrar na Justiça para disputar a Presidência

Em nota, ele afirma que a candidatura, 'outrora motivo de piada, tornou-se pesadelo para determinados setores da política'

Yago Sales -
Pablo Marçal
Pablo Marçal. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Em reunião com o núcleo duro da pré-campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o PROS anunciou que desistiu de lançar influencer e coach goiano Pablo Marçal à Presidência.

Por outro lado, Marçal emitiu uma nota em que afirma que a informação é uma fake news e que vai entrar na Justiça para manter a pré-candidatura.

Veja a nota na íntegra:

Sobre a notícia veiculada a partir de uma nota do PT de que a atual direção do PROS decidiu apoiar a candidatura daquela sigla, informamos que a atual executiva não se manifestou até o presente momento e que a candidatura de Pablo Marçal foi indicada em ata de convenção realizada pelo partido dentro dos prazos legais. Para que se consolide o suposto apoio, seriam necessários 10 dias para convocação de uma nova convenção, conforme estatuto do partido, algo inviável até o dia 5 de agosto. Esclarecemos que qualquer ação no sentido de descumprir a indicação realizada na convenção e contrária ao ordenamento jurídico vigente, será objeto de judicialização, uma vez que já existe o registro da candidatura aguardando apenas a homologação do TSE.

A candidatura de Pablo Marçal que, até então, era motivo de piada para determinados setores da política, com a efetivação da indicação na convenção, tornou-se em pesadelo, sendo essa movimentação a prova viva disso. Seguimos firmes no propósito de destravar a nação pelo voto e de enfrentar qualquer poder que, arbitrária e ilegalmente, ouse afrontar o estado democrático de direito.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade