Usuários de transporte público manifestam contra aumento de tarifa e travam rodovias em Goiás

Aumento ocorre em cidades que compõem o Entorno do Distrito Federal. Valor mais alto é em Planaltina de Goiás

Karina Ribeiro Karina Ribeiro -
Imagem mostra manifestação e fumaça preta ao fundo. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Um grupo de moradores –  formado por cerca de 300 pessoas –  bloqueou na manhã desta segunda-feira (05), duas rodovias estaduais, a GO – 340 e a GO – 534, como forma de protesto em relação ao aumento da tarifa do preço das passagens de transporte coletivo no Entorno do Distrito Federal.

A primeira rodovia dá acesso ao município de Formosa. Já a segunda, é saída para Brasília. Ao todo, houve elevação do valor da passagem em cinco municípios que compõem o Entorno do Distrito Federal: Planaltina de Goiás, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

O preço foi majorado no domingo (04) e as manifestações já começaram na madrugada desta segunda (05).  Com a nova composição dos preços, moradores de Planaltina de Goiás, foram os mais prejudicados, com elevação de 26% em uma única tacada. Assim, a passagem sai do valor de R$ 7,85 para R$ 9,80.

Já em Águas Lindas, o preço pula de R$ 7,80 para R$ 9,50. Em Luziânia, saiu de R$ 7,40 para R$ 9,25.

Por fim, em Santo Antônio de Descoberto, os usuários do transporte público terão que pagar R$ 9,15. Até sábado (03), o valor era de R$ 7,30.

A menor tarifa, mas que também sofreu alteração, diz respeito aos passageiros de Valparaíso de Goiás. Preço atual é de R$ 6,75 ante R$ 5,40.

Policiais rodoviários estaduais estão no local. Corpo de Bombeiros também foi acionado.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.