O descaso no SAMU em Anápolis, faltando só uma assinatura para a CEI da Saúde

"Todos os meses, entra no caixa da cidade o valor de R$ 426 mil. Quase meio milhão de reais por mês, para a manutenção desse serviço. São denúncias alarmantes sobre as condições precárias"

José Fernandes José Fernandes -
(Foto: Reprodução)

“Compraram produtos para lavar as viaturas do SAMU por meio de vaquinha dos funcionários. Não tem produto para lavar as viaturas”;

“Usamos o cinto de segurança para trancar a porta da ambulância”;

“Quando chove, molha dentro da viatura”;

“Temos oito ambulâncias. Seis com defeito e sem rodar, uma com a maca travada na UPA e somente uma disponível. Estão devendo R$ 280 mil na oficina mecânica”.

Recebi essas informações e é meu dever destacar a importância vital do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em nossa cidade.

Recebi de muitas pessoas e acredito que são informações verídicas, mas não confirmado. Fiz um vídeo sugerindo de forma CRÍTICA e IRÔNICA que seja terceirizado para alguma OS, já que é uma prática comum dessa atual incompetente gestão, transferir responsabilidades.

De imediato, verifiquei o valor que nossa cidade recebe de verba federal, exclusivamente para o SAMU. E fiquei mais uma vez impressionado em como não conseguem fazer uma gestão séria e eficiente.

Todos os meses, entra no caixa da cidade o valor de R$ 426 mil. Quase meio milhão de reais por mês, para a manutenção desse serviço.

São denúncias alarmantes sobre as condições precárias em que nossos profissionais do SAMU estão operando. As ambulâncias estão sucateadas, colocando em risco tanto os socorristas quanto aqueles que estão sendo socorridos.

O SAMU desempenha um papel crucial em salvar vidas e proporcionar atendimento de emergência rápido e eficiente aos anapolinos.

Neste momento oportuno, em que estamos prestes a obter a última assinatura necessária para a formação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI da Saúde), é crucial enfatizar a importância de valorizar e investir nos serviços como o SAMU.

Insto meus colegas vereadores a reconhecer a urgência dessa situação e a apoiar a criação desta comissão de investigação. Somente agindo juntos podemos garantir que o SAMU e outros serviços de saúde vão continuar salvando vidas e atendendo às necessidades da nossa comunidade.

Anápolis precisa dos anapolinos.
É isso!

José Fernandes é médico (ortopedista e legista) e bacharel em direito. Atualmente vereador em Anápolis pelo MDB. Escreve todas às sextas-feiras. Siga-o no Instagram.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade