Advogados suspeitos de darem prejuízo de R$ 31 milhões em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Trindade e Anicuns são identificados

Eles Investigação aponta que profissionais faziam parte de uma organização criminosa que fraudava alvarás contra a administração pública

Karina Ribeiro Karina Ribeiro -
Imagem mostra policiais civis cumprindo mandados. (Foto: Reprodução)

Pelo menos quatro advogados já foram identificados como suspeitos de causarem danos milionários aos cofres públicos de diversos municípios goianos, entre eles: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Trindade e Anicuns.

O Portal 6 apurou que são: Narcizo Carneiro Leite, Jorge Fernando da Costa e Sousa, Mário Marques Pereira, além de Carlos Ribeiro de Araújo – sendo este último com registro profissional cancelado.

Conforme a Polícia Civil (PC), o grupo é suspeito de fazer parte de uma organização criminosa que fraudava alvarás contra a administração pública.

Na prática, eles faziam o levantamento dos documentos produzidos pelo Tribunal de Justiça como advogados, mas assinavam os papeis como se fossem juízes. O prejuízo é calculado em R$ 31 milhões.

De acordo com a corporação, estão sendo deflagradas 33 ordens de prisão e outras 35 de busca e apreensão nos municípios de Goiânia, Aparecida, Anápolis, Trindade e Anicuns e na Bahia (BA), no Rio de Janeiro (RJ), em Tocantins (TO), no Maranhão (MA) e no Pará (PA).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.