MPGO recomenda suspensão de contrato para utilização do fumacê em Goiânia

Segundo o órgão, não há motivo para celebração do acordo

Pedro Hara Pedro Hara -
Moto do fumacê passando pelas ruas. (Foto: Divulgação)

O Ministério Público de Goiás (MPGO) recomendou à Prefeitura de Goiânia que suspenda o contrato para utilização do chamado ‘fumacê’ na capital.

Segundo o órgão, não há motivo para a celebração do acordo, haja visto a situação epidemiológica da cidade, com a queda nos casos de doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti.

Além disso, é desaconselhado o uso do fumacê em caso de umidade relativa do ar abaixo de 60%, situação da capital atualmente.

Ainda não há resposta por parte da Prefeitura de Goiânia.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.