Mais de 20 pessoas são presas após serem flagradas em rinha de galo, em Goiânia

Na residência onde grupo se reunia também haviam duas crianças, que foram recolhidas pelo Conselho Tutelar

Thiago Alonso Thiago Alonso -
Entre o grupo haviam idosos de até 70 anos. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Polícia Militar (PM) prendeu 23 pessoas — incluindo idosos de até 70 anos — durante uma rinha de galos,  no Condomínio das Esmeraldas, região Sudoeste de Goiânia.

O caso aconteceu na noite do último sábado (29), mas só foi repercutido nesta segunda-feira (1º).

Junto ao grupo, foram encontradas 32 aves, sendo que duas já estavam mortas. Além disso, um cachorro com claros sinais de maus-tratos também estava no local.

Durante a abordagem, realizada em conjunto com a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), foram apreendidas 80 esporas de plástico e 50 bicos de metal, que seriam utilizados durante as disputas. Não o bastante, a PM confiscou 22 celulares e a quantia de R$ 2.691.

Duas crianças que estavam na residência foram resgatadas pelo Conselho Tutelar devido à falta de higiene do ambiente.

O dono da casa, por sua vez, foi multado em R$ 15 mil por crime ambiental.

Dentre os integrantes do grupo, a maioria possui antecedentes criminais, incluindo reincidência na prática de rinhas de galo. Assim, eles foram presos em flagrante e encaminhados para uma delegacia da região.

Agora, a ocorrência será encaminhada para as autoridades competentes, que realizarão as devidas investigações sobre o caso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.