Portal 6

No período chuvoso, Anápolis registrou mais de 8 mil casos de dengue

O número de casos de dengue registrados em Goiás caiu 77% da semana 18 (3 a 8 de maio) até a semana 24 (14 a 20 de junho). Os números são do Boletim Semanal da Dengue. A queda no período foi de 9.928 para 2.283 casos da doença.

A gerente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Magna Maria de Carvalho, afirma que a redução se deve ao fim do período chuvoso, pois o mês de junho marca o início do período de seca no Cerrado.

Segundo ela, isso mostra que, com a diminuição da água parada nos criadouros, o mosquito não encontra o meio ideal para se reproduzir. Mas faz um alerta: “A vigilância deve ser mantida mesmo nesse período. Isso porque na seca a transmissão continua na medida em que a comunidade mantém em casa criadouros artificiais, como pneus, latas, vidros, garrafas, vasos de flores, pratos de vasos, caixas de água, tonéis, latões, cisternas, piscinas, tampinhas de garrafas, bebedouros de animais e locais onde se armazene água parada.

De acordo com o Boletim da Dengue divulgado pela Secretaria da Saúde de Goiás (SES) na última quinta-feira, dia 25, Goiânia lidera o ranking da dengue no Estado, com 62.832 casos notificados. Em segundo lugar está Aparecida de Goiânia, com 11.910 casos. Em terceiro, Anápolis, com 8.542 casos. Na sequência vêm os municípios de Jataí, Rio Verde e Goiatuba.

As informações são do portal ‘Goiás Agora’.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.