Meninos já podem se vacinar contra o HPV na rede municipal de saúde

Vacina preveni a incidência dos casos de câncer de pênis e verrugas genitais e ajuda na redução da incidência de câncer de colo de útero e vulva nas mulheres

Já estão disponíveis em todas as unidades de saúde da família, Cais Progresso, Cais Abadia Lopes e Unidade de Saúde Jundiaí as vacinas contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). A imunização é indicada para meninos de 12 e 13 anos e deve ocorrer em duas doses, com intervalo de seis meses.

A vacina contra o HPV preveni a incidência dos casos de câncer de pênis e verrugas genitais. Ao se imunizarem os homens também poderão ajudar na redução da incidência de câncer de colo de útero e vulva nas mulheres, prevenindo também casos de cânceres de boca, orofaringe, bem como verrugas genitais em ambos os sexos.

A doença

Assunto recorrente quando o tema é prevenção, o HPV é transmitido principalmente por relações sexuais, mas também da mãe para o feto ou por objetos contaminados. Entre os sintomas que podem indicar a contaminação estão verrugas na pele das mãos, dos pés, nos lábios, na boca, na garganta e nas regiões anal e genital.

As lesões genitais podem causar tumores malignos como câncer de pênis e de colo do útero. O diagnóstico é mais fácil nos homens, devido às lesões aparentes. Já no caso das mulheres, é preciso fazer exames como o papanicolau.

*Com informações da Secom

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás