Prefeitura e Polícia decidem radicalizar ações contra barulhentos em Anápolis

Conjuntamente com vários outros órgãos, ações preveem apreensão de veículos, sons de residências, fiscalização em bares, boares e prisão de quem fizer poluição sonora na cidade

Em reunião realizada nesta segunda-feira (17) entre o Observatório de Segurança Pública da Prefeitura de Anápolis, Polícias Militar e Civil, Divisão de Posturas e Juizado de Menores e a Câmara Municipal foi anunciado a construção de ações conjuntas para coibir e punir a poluição sonora na cidade.

As medidas devem aumentar a fiscalização e endurecer a abordagem junto a quem faz barulho, seja ele vindo de automóveis, residências, bares ou boates.

Reunião conjunta definiu ações contra a poluição sonora na cidade. (Foto: Divulgação)

“Além da aplicação de multas, haverá ainda a apreensão dos veículos dotados de som automotivo, lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), ou prisão por crime ambiental. O proprietário terá que apresentar a nota fiscal dos equipamentos de som”, informam.

No caso de residências ou casas noturnas, além de disciplinar a altura do som e o horário de funcionamento, deverá ser verificado a ocorrência de crimes e irregular presença menores.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás