Assassino da estudante Rayane Araújo é preso pela Polícia Civil de Anápolis

Ele era o ex-namorado da vítima e confessou o crime

Da Redação -

Atualizado às 20h55

Daniel Hermes Pinto se apresentou nesta sexta-feira (07) a Polícia Civil de Anápolis e confessou ser o autor do assassinato da estudante Rayane Araújo da Silva, de apenas 25 anos.

O crime ocorreu na manhã de ontem (06), em uma borracharia da Rua 14 de Julho, no Centro de Anápolis e chocou toda a cidade.

Como já havia um mandado de prisão autorizado pela Justiça, Daniel, ex-namorado da vítima, foi preso pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH).

(Foto: Reprodução/ Facebook)

Em tempo

Rayne Araújo estava cursando o 3º período de Farmácia na Faculdade Metropolitana de Anápolis (FAMA) e trabalhava na Neo Química.

A reação de colegas e amigos foi de incredulidade ao saber do assassinato da jovem.

Nas redes sociais houve muita comoção e revolta, pois Rayane era muito quista e esforçada.

A família, desde o primeiro momento, suspeitava que Daniel era o autor do crime. Um dia antes, Rayane havia se queixado de ter sido perseguida por uma carro branco na rua.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.