Portal 6

Roberto assina ordem de serviço para construção do Centro Pediátrico 24h

(Foto: Bruno Rodrigues Ferreira)

Com início imediato, unidade será construída ao lado do Cais Mulher e custará R$ 409 mil aos cofres públicos do município

Custará R$ 409 mil aos cofres públicos do município a construção do primeiro Centro Pediátrico 24h de Anápolis. A ordem de serviço autorizando a execução da obra, para início imediato, foi assinada na manhã desta quinta-feira (31) pelo prefeito Roberto Naves (PTB), no Cais Mulher, no bairro Maracanã.

Uma das principais promessas de campanha, essa será a primeira obra na cidade com DNA exclusivo do petebista, após retomar e agilizar a execução e entrega de projetos herdados quando assumiu a gestão no início do ano. Em entrevista ao Portal 6, o prefeito disse que a intenção dele é fazer outras unidades pediátricas de emergências pela cidade.

“Nosso trabalho já está rendendo frutos para a população anapolina. Como também já estamos pensando em ampliá-los. Assim que este aqui ficar pronto nós já vamos pensar no próximo. Não é um compromisso de campanha. Um governante não pode governar apenas pensando em seus compromissos de campanha. Temos também de ampliá-los”, ressaltou.

A previsão de entrega é de até 180 dias, prazo que pode ser reduzido pela metade conforme a quantidade de força de trabalho empregada pela construtora no local.

O Centro Pediátrico 24h de Anápolis será um pronto socorro infantil com atendimento completo, como assinalou a a secretária Municipal de Saúde Luzia Cordeiro.

“Estamos realizando uma necessidade, um anseio da população anapolina. Ao atender uma criança se está atendendo também uma família. Nós teremos outros atendimentos de emergência [pela cidade], mas aqui será o local aonde a mãe pode trazer o seu filho com leitos, exames de imagem, de laboratório, fazendo inalação… Estamos muito felizes hoje porque estamos realizando algo que já foi planejado em 2016”, disse.

DAIA 2

Questionado sobre outro compromisso de campanha, o de construir novos distritos industriais na cidade, Roberto disse que a gestão dele trabalha para viabilizar três localidades para abrigar empresas e indústrias na cidade. Duas delas envolvem o setor privado e a outra provém de uma doação da área que o Governo do Estado aventava construir o DAIA 2.

“Nós temos duas parceiras público-privadas que estão em andamento para fazer dois distritos e conseguimos junto ao Governo do Estado a doação da área em que o Governo iria implantar o DAIA 2. O governador Marconi Perillo vai doar a área para a Prefeitura de Anápolis e nós vamos fazer a infraestrutura e para ter o distrito agroindustrial municipal”, adiantou.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.