PublicidadePublicidade

MP denuncia Gomide por ter mantido ‘funcionário-fantasma’ na Prefeitura

Auxiliares do ex-prefeito também estão em Ação Civil Pública por improbidade administrativa

Carlos Henrique -

A 11° Promotoria de Justiça da Comarca de Anápolis apresentou uma Ação Civil Pública (ACP) contra o vereador e ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide (PT).

O motivo, segundo reportagem do Jornal Opção de sábado (02), seria a manutenção do contrato de serviço do dentista Marcelo Rodrigues mesmo após ele ter sido eleito presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS) e não fazer mais atendimentos odontológicos para a Prefeitura.

Ainda segundo o Opção, na denúncia do MPGO consta que o profissional trabalhou apenas dez meses de quase três anos que deveria para município. Como o petista tinha ciência da situação e não fez nada, o promotor Arthur José Jacon Matias quer responsabilizá-lo perante à Justiça por improbidade administrativa.

PublicidadePublicidade

Além do próprio Marcelo Rodrigues e Gomide, também estão sendo denunciados os ex-secretários Municipal de Saúde Irani Ribeiro de Moura e Roberson Guimarães e o ex-diretor de Saúde Bucal Luiz Carlos Teixeira Silva Júnior.

“Temos mais de 11 mil servidores públicos, na saúde são quase 3,5 mil. Um prefeito não sabe se um determinado funcionário está trabalhando no lugar designado. Quando eu for notificado darei maiores explicações (sic)”, disse Gomide para o repórter Yago Sales, que assina a reportagem no Jornal Opção.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade