PublicidadePublicidade

Polícia prende pai que estuprava filho e vazava pedofilia no WhatsApp, em Anápolis

Ele tinha um mandato de prisão por crimes cometidos no Tocantins, mas quando os agentes decidiram ver o celular descobriram tudo

Da Redação -

Anderson de Oliveira Martins, de 36 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (15) por abusar sexualmente do filho e espalhar vídeos de pedofilia no WhatsApp.

O conteúdo foi encontrado no celular do homem quando policiais do Grupo de Capturas da Terceira Regional cumpriam um mandato de prisão contra ele por crimes cometidos no Tocantins.

Na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Anderson foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e publicação de imagens com conteúdo pornográfico envolvendo adolescentes (artigo 241-A da Lei 8.069/1990 — Estatuto da Criança e do Adolescente).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.