Mulher foi presa ao usar filho de quatro anos para cometer crime na cadeia de Anápolis

Eles pretendiam visitar um traficante de drogas que cumpre pena na unidade

Da Redação -
Corredor do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis. (Foto: Divulgação)

Lana Tânia Silva, de 29 anos, acabou presa na manhã do último domingo (26) ao tentar entrar na cadeia de Anápolis com um celular escondido na cueca do filho de apenas quatro anos.

Segundo a assessoria de comunicação da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o flagrante ocorreu durante a revista rotineira aos visitantes. Um total de quatro aparelhos telefônicos foram retirados da roupa íntima da criança.

Mãe e filho pretendiam visitar o detento Álvaro Carlos Alves, que cumpre pena na unidade por tráfico de drogas. A mulher foi encaminhada à Delegacia Geral, no Centro de Anápolis, e deve responder por crime contra a administração pública.

Ainda segundo a DGAP, Lana também poderá ser proibida de visitar o detento.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.