Portal 6

Vereador quer regulamentação para a Uber operar em Anápolis

(Foto: Reprodução)

De acordo com o parlamentar, motoristas são escravizados e existe concorrência desleal com taxistas

A regulamentação da Uber em Anápolis voltou a ser destaque na Câmara Municipal.

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (05), o vereador Luiz Lacerda (PT) cobrou que o Poder Executivo elabore normas para que o serviço possa permanecer na cidade.

Segundo o parlamentar, os motoristas são escravizados, pois o que eles ganham mal dá para manter os custos do veículo e, sem pagar impostos, a Uber acaba oferecendo um preço menor do que dos taxistas – que cumprem uma série de exigências da lei.

Lacerda lembrou que a Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), ainda na gestão de Carlos César Toledo, tinha prometido enviar um projeto de lei à Câmara regulamentando o aplicativo em Anápolis, o que nunca aconteceu.

“Precisamos de uma definição, para que se legalize o serviço e dê garantias necessárias para que os taxistas não tenham essa concorrência desleal”, discursou.

O vereador falou pela primeira vez sobre a Uber quando o serviço chegou na cidade, em fevereiro de 2017.

“É preciso de licença municipal, recolher taxas e impostos para prestar serviços em Anápolis. [O Uber] vai gerar renda aos cofres públicos?”, argumentou na época.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Twitter