PublicidadePublicidade

Empregada doméstica não deixou barato as humilhações da patroa em Anápolis

Tudo aconteceu enquanto a profissional cumpria dignamente com seu trabalho

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Sandra Maria Oliveira, de 39 anos, teve, nessa sexta-feira (28), que ir até a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Anápolis.

Empregada doméstica, ela passou por uma situação humilhante enquanto cumpria dignamente com seu trabalho.

Segundo a profissional, houve um desentendimento no Edifício Marquês de Herval, localizado na movimentada Rua 15 de Dezembro, no Centro.

PublicidadePublicidade

Em um dos apartamentos, a patroa criticou o serviço de Sandra Maria e ainda a acusou de ter furtado R$ 100 de dentro da sua bolsa.

Os pertences da doméstica chegaram, inclusive, a serem revirados. No entanto, nenhuma quantidade de dinheiro fora encontrada.

Revoltada com todo o acontecimento, ela registrou o caso como calúnia. “Posso ser chata, mas não sou ladra”, fez questão de ponderar.

Com informações do radialista Marcelo Santos

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade