PublicidadePublicidade

Afinal, a Receita Federal vai mesmo fechar delegacia em Anápolis?

Diversos setores da cidade estão em pânico e o órgão deu resposta ao Portal 6

Rafaella Soares -

A Delegacia da Receita Federal de Anápolis fechou o ano de 2018 com uma arrecadação de R$4,5 bilhões e garantiu a quinta posição entre as unidades com movimentações mais expressivas do Centro-Oeste.

De alta relevância e responsável por outras 60 cidades goianas, a delegacia virou motivo de debate na Câmara Municipal na segunda-feira (08), quando o vereador Paulo Lima (PDT) disse ter havido uma ordem superior para que ela fosse extinta.

Durante o discurso, ele afirmou que esse fechamento seria um risco para a economia da cidade, levando em consideração os altos recursos do Porto Seco, Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), Ala 2 e, em breve, da Ferrovia Norte-Sul.

PublicidadePublicidade

Como o único representante federal eleito por Anápolis integra um partido da oposição, o parlamentar propôs pedir apoio ao deputado federal Major Vitor Hugo (PSL), goiano e líder do governo na Câmara Federal, para “resolver a demanda”.

Ao Portal 6, a Receita Federal informou por meio de nota que não há ordens para que a unidade encerre as atividades e sim um estudo em andamento para que seja feita uma reestruturação e o local tenha processos de trabalhos mais eficientes.

Correligionário de Bolsonaro e ex-presidente do Porto Seco, Edson Tavares afirmou que a reestruturação ocorrerá em todas as delegacias do Brasil, mas bastará mostrar os dados relacionados a unidade de Anápolis para que a preocupação de um possível fechamento deixe de existir.

“Foi uma luta para o povo anapolino trazer para cá e manter a delegacia. Trouxemos a Justiça Federal, a Procuradoria da Fazenda, todos órgãos importantíssimos. Da delegacia não podemos abrir mão. Depois de explicada a expressividade da receita em Brasília, eles desistem de tirar daqui. Temos independência financeira. A delegacia de Anápolis é autossustentável e movimenta uma receita maior que a do município”, salientou.

Veja a nota da Receita Federal na íntegra

A informação do fechamento da DRF/Anápolis não procede. A Receita Federal  está promovendo estudos no sentido de sua reestruturação, buscando maior  eficiência dos processos de trabalhos, sobretudo desburocratizando e  simplificando atividades, com a respectiva redução de custos à sociedade.  No momento, não há que se falar em fechamento de unidades.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade