PublicidadePublicidade

O que a Polícia Civil já sabe sobre casal encontrado morto por filhos em Anápolis

Um vizinho foi chamado pelas crianças e acionou a Polícia Militar

Da Redação Da Redação -

Crime que chocou os moradores do bairro Polocentro, na região Sudeste de Anápolis, a morte do casal Cleidiane da Silva Ferreira, de 29 anos, e Alexandre Morais dos Santos, de 38 anos, está sendo apurada pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil local.

Segundo o delegado Vander Coelho, a suspeita mais proeminente é de que o homem tenha matado a mulher e depois tirado a própria vida.

Cleidiane foi morta com golpes de algum objeto contundente, como o martelo, e Alexandre estava enforcado.

PublicidadePublicidade

Os filhos do casal de 3, 8 e 10 anos foram as primeiras pessoas a encontrar os corpos no quarto, por volta das 07h da manhã do último sábado (27). Um vizinho foi chamado pelas crianças e acionou a Polícia Militar.

“Não há sinais arrombamento e nada que evidencie a presença de terceiros. A equipe do GIH esteve no local e ouviu de alguns familiares que a mulher [Cleidiane] desejou se separar, mas ele [Alexandre] não aceitava a separação e teria descoberto que ela ia sair de casa para morar com os pais”, disse Vander Coelho ao G1.

A suspeita é de que tudo tenha ocorrido durante a madrugada, mas intriga o fato de os filhos pequenos não terem ouvido nada.

“Vamos aguardar a conclusão dos laudos periciais e ouvir a partir desta segunda-feira (29) parentes tanto dela, quanto dele”, adiantou o delegado.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade