PublicidadePublicidade

Disse absurdo para adolescente em Anápolis e a mãe dela se revoltou

Para não apanhar, ele tentou se esconder dentro de uma igreja católica e o caso foi parar na delegacia

Da Redação -
Atualizada às 16h53

Caberá à  Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis abrir inquérito contra Alziro de Araújo, que na tarde desta quinta-feira (25) foi conduzido pela Polícia Militar à Central de Flagrantes, no Centro, após assediar uma adolescente de apenas 12 anos na Vila Norte.

Segundo a delegada Emily Bailoni, ele tem mais de 70 anos.

O fato aconteceu por volta das 15h na Avenida Perimetral, quando o idoso passou pela garota na calçada. Ele teria a chamado de “gostosinha”, mandado beijos e mostrado o volume da genitália.

A menor relatou a cena para a mãe, que se revolvou e decidiu ir atrás de Alziro. O septuagenário foi alcançado por ela na altura da Paróquia Santa Clara e lá tentou se esconder para não apanhar.

Entrevista

Em conversa com Marcelo Santos, da Manchester News FM, Alziro evocou a condição de idoso e disse que estava “brincando”.

“Eu brinquei com ela. Sou de idade. Foi só isso. A mãe dela armou um escândalo comigo e chamou a polícia”, disse.

“O senhor sabe que não pode, seu Alziro. Tem que respeitar”, repreendeu o radialista.

“Eu dei bobeira. Minha brincadeira foi sem graça”, justificou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade