PublicidadePublicidade

Homem é trazido para Anápolis e quase vai para cadeia por causa do irmão gêmeo

Constrangimento poderia ter sido evitado caso ele também não fosse tão esquecido

Da Redação -

Um caso para lá de constrangedor da cidade de Terezópolis foi desfeito na Central de Flagrantes de Anápolis nesta quarta-feira (11).

Durante o patrulhamento de rotina, uma guarnição da Polícia Militar da cidade vizinha parou um homem que considerou estar em “atitude suspeita”.

Ele, que tem 41 anos, não estava portando documentos pessoais e os agentes da Lei suspeitaram que contra o rapaz havia um mandado de prisão a ser executado.

PublicidadePublicidade

Conforme o Boletim de Ocorrências registrado pela Polícia Civil, a confusão se deu porque o homem tem um irmão gêmeo idêntitico.

Contra este familiar há, de fato, uma determinação judicial para cumprimento de pena, oriunda da Comarca de Senador Canedo.

Um papiloscopista foi solicitado, a confusão desfeita e o homem liberado para retornar para casa.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade