PublicidadePublicidade

Casal usou bebê para cometer maldade contra empresária no Centro

PM precisou ser acionada e o caso foi registrado na Central de Flagrantes

Da Redação -

A Polícia Militar (PM) precisou se deslocar até a Avenida Goiás, no Centro de Anápolis, nesta quinta-feira (19), para atender uma ocorrência de furto em uma loja de aviamentos.

Segundo relato da corporação, registrado em Boletim de Ocorrência, a proprietária do estabelecimento estava na companhia de uma tia e cuidava da filha de quatro meses, quando um casal entrou na loja segurando um bebê e procurando por um tecido.

Enquanto se abaixava para pegar o pedido dos clientes, a empresária percebeu que os dois saíram correndo e. assustada, se aproximou novamente da filha, percebendo que o celular, que estava no carrinho da recém-nascida, havia desaparecido.

Ela ainda correu atrás do casal e percebeu quando o homem escapou rapidamente ao entregar o bebê para a mulher, que foi alcançada e detida até a chegada da PM.

Assim que chegou no endereço, a PM deu a voz de prisão para B. D. R. S. e constatou que ela já respondia por um outro furto, ocorrido em Goiânia.

Em depoimento na delegacia, a suspeita alegou que foi o amigo, identificado como J. S., que pegou o aparelho celular e que não sabia da intenção do homem de cometer um crime.

Segundo a mulher, ela só saiu correndo porque J. S. estava com o filho dela nos braços e, depois que foi alcançada pela vítima, ficou no local aguardando a polícia pois sabia que não tinha feito nada.

Sobre o furto na capital, B. D. R. S. afirma que o cunhado dela quem pegou uma bolsa em um ônibus coletivo e, como ela estava junto, acabou levada também para prestar esclarecimentos.

Agora, a suspeita deverá responder novamente por furto e está à disposição da Justiça.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade