Portal 6

Denunciado em Anápolis, pai queria pagar para continuar abusando da filha

(Foto: Reprodução / Portal 6)

Brigas e agressões físicas também compõem esse caso complicado, que será investigado pela Polícia Civil

Um conselheiro tutelar precisou procurar a Central de Flagrantes de Anápolis nesta terça-feira (08) para denunciar um pai, que teria agredido e abusado sexualmente da filha, uma adolescente de 17 anos.

Consta nos registros policiais que o profissional soube do caso por meio do Disque 100 (Disque Direitos Humanos) e foi de imediato até a casa da menor, em Abadiânia, onde encontrou o genitor, identificado como R. S. S.

O conselheiro informou ao pai sobre a denúncia e avisou que não só registraria o caso na Polícia Civil, como também submeteria a garota a exames que pudessem comprovar algum tipo de violência.

Segundo relatou a adolescente, no início do último mês de junho ela estava deitada no sofá, perto do pai, quando sentiu ele passando as mãos em sua barriga e pernas. No momento em que tentou alcançar os seios, no entanto, a garota se levantou rapidamente e saiu de perto.

No Dia dos Namorados, R. S. S. ainda chamou a filha para ajudar a comprar um presente para a companheira dele e perguntou o que ela tinha achado do “carinho” que recebeu.

Em resposta, a menor respondeu que aquele gesto não era uma atitude que um pai deve ter com uma filha. Nesta ocasião, o homem ainda teria proposto dar dinheiro a ela se concordasse em receber as carícias.

A adolescente alega não ter aceitado e, desde então, o comportamento do homem teria mudado, transformando todas as ações dela em motivo para brigas e surras.

O caso será encaminhado e investigado pela Polícia Civil de Abadiânia.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.