PublicidadePublicidade

Médico não aguenta ser chamado de monstro pela ex e toma providência

Para reforçar o clima insuportável entre os dois, o especialista também contou que já foi agredido fisicamente por ela

Da Redação -

“Péssimo pai, negligente e monstro” foram palavras que um ginecologista da rua Conde Afonso Celso, do Centro de Anápolis, não suportou ouvir da ex-esposa.

Por isso, ele procurou uma delegacia da cidade nesta quarta-feira (09) para registrar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra ela.

A intenção do médico é que a mulher responda por injúria e pare de xingá-lo por SMS.

PublicidadePublicidade

Para reforçar o clima insuportável entre os dois, o especialista contou no depoimento que também foi agredido fisicamente pela ex, em novembro de 2018, mas que na época não quis denunciá-la por consideração aos filhos.

Os áudios e print’s com diálogos tensos também foram colocados à disposição da Polícia Civil pelo médico.

O 1º DP deve investigar o caso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade