PublicidadePublicidade

Mulher é flagrada explorando adolescentes em casa de prostituição

Polícia Civil investigava suspeita há meses e, após ser encontrada, ela só teve um destino

Da Redação -

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e a Delegacia de Apuração de Atros Infracionais (DEPAI), realizada nesta sexta-feira (22), terminou com a prisão de Wandangleyde Ferreira Leão, de 41 anos, no Jardim Petrópolis, em Anápolis.

De acordo com a delegada Kênia Segantini, titular da DPCA, a mulher estava sendo investigada desde o último mês de abril pela prática de exploração sexual infantil.

A suspeita intermediava encontros sexuais para que mulheres maiores e menores de idade fizessem programas, sendo que alguns aconteciam na própria casa dela.

No momento do cumprimento dos mandados, segundo a delegada,  os policiais ainda encontraram no local três garotas de programa – duas adolescentes e uma jovem.

Wandangleyde foi autuada em flagrante por exploração sexual infantil e também por manter um estabelecimento para possibilitar a prostituição.

A mulher teve de ser encaminhada ao Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis, e já está à disposição da Justiça.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade