Portal 6

Para evitar tragédia, dona de casa teve que fugir com os cinco filhos em Anápolis

Ela perdeu a mãe recentemente e, mesmo triste, buscou um abrigo para pedir ajuda

Uma mulher de 30 anos precisou pegar os cinco filhos e fugir de casa, no final da noite desta terça-feira (28), para não ser assassinada pelo ex-marido.

Moradora do Jardim Promissão, no extremo da região Norte de Anápolis, a dona de casa perdeu a mãe há pouco tempo e passou o dia se sentindo triste. Por isso, recebeu uma visita da irmã.

O ex, de 39 anos, mora no lote dos fundos e, com o semblante sério, passou a observar as duas. Como não tem banheiro em casa, ele se aproximou delas enquanto ia tomar banho e disse para a mulher: “mais tarde você vai ver, vocês estão curtindo com a minha cara”.

Depois que a visita se despediu, o homem voltou a aparecer e falou algo que a dona de casa não entendeu. Ela então aproveitou para perguntar o por quê de ele estar com a cara amarrada. Neste momento, voltou a ouvir que estava curtindo com a cara dele.

A mulher deixou o assunto para lá e foi para a cozinha esquentar a comida para os filhos. Foi quando uma das crianças se aproximou e perguntou por que o pai estava amarrando uma corda na área da casa.

Ela foi até o ex para fazer o mesmo questionamento e o ouviu dizer que iria matá-la e se enforcar em seguida. Desesperada, pegou tudo o que podia e correu para a casa da irmã, de onde pediu ajuda para a Polícia Militar.

Os envolvidos foram levados até a Central de Flagrantes. Ele teve de ser autuado por ameaça. Já ela confirmou que deseja representar contra o ex e solicitou uma medida protetiva de urgência, pois teme que ele faça alguma coisa depois das ameaças.

O caso deverá ser investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam)

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.