Câmara Municipal de Anápolis suspende atividades e libera servidores que precisam andar de ônibus

Também não precisam ir trabalhar gestantes, idosos e trabalhadores com filhos

Da Redação -

Presidente da Câmara Municipal de Anápolis, o vereador Leandro Ribeiro (PTB) anunciou nesta terça-feira (17) a suspensão de todas as atividades na Casa Legislativa devido à pandemia do coronavírus.

A medida, que começa a vigorar nesta quarta (18) até o dia 31 de março, tem objetivo de seguir as determinações da Secretaria de Saúde para evitar a aglomeração de pessoas e “barrar” a circulação da doença.

Durante este período, fica estabelecido que os vereadores, diretores e servidores deverão adotar o regime de teletrabalho e home office.

A orientação é que cada departamento funcione em sistema de rodízio e com o mínimo possível de pessoas.

De acordo com Leandro Ribeiro, os vereadores ficarão de prontidão para convocações de sessões extraordinárias caso exista a necessidade de abrir alguma votação de leis de interesse público.

Em tempo

Na última sexta-feira (13), a Câmara já havia anunciado medidas para combater a disseminação do coronavírus, como a suspensão de sessões solenes, de audiências públicas e reuniões partidárias.

As sessões ordinárias e extraordinárias também ficariam sendo mantidas com restrições e servidores com mais de 60 anos ou gestantes estavam dispensados.

Agora, essa dispensa foi ampliada para portadores de doenças respiratórias crônicas ou que reduzam a imunidade, servidores que utilizam o transporte coletivo, que tenham filhos menores de dois anos ou com menos de 12 anos e matriculados em instituição de ensino.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.