Portal 6

Em Anápolis, drogaria estava vendendo álcool em gel ilegal e acima do preço

(Foto: Divulgação)

Outros estabelecimentos também se recusaram a fechar as portas e a Polícia Militar precisou ser acionada

Fiscais do Procon Anápolis tiveram de se deslocar nesta terça-feira (24) até uma drogaria do Centro da cidade para apreender produtos usados pela população no combate ao novo coronavírus.

É que o estabelecimento, que não teve o nome divulgado pelo órgão, estava vendendo por R$ 20 unidades de álcool em gel adquiridas sem nota fiscal e com preço unitário de R$ 14.

De acordo com o secretário Robson Torres, responsável pelo Procon Municipal, “por mais que [o comerciante] tenha a maior das boas intenções, a prática ilícita não justifica os fins pretendidos”.

O proprietário poderá receber multa, além de representação na Fazenda Estadual e encaminhamento à Delegacia Regional de Defesa do Consumidor.

O quantitativo de produtos apreendidos não foi divulgado.

Em tempo

Durante o dia, os fiscais também passaram em outros estabelecimentos que se recusaram a fechar as portas e a Polícia Militar precisou ser acionada.

Mesmo assim, conforme Robson Torres, muitos voltaram a funcionar e ignoraram completamente as ordens dadas pelo órgão e agentes.

“Todos os casos de descumprimento das determinações de fechamento serão informados às outras autoridades para as responsabilizações criminais e até cíveis correspondentes”, afirmou.

Nota da Redação 

O proprietário da drogaria em que as unidades de álcool em gel foram apreendidas entrou em contato com a reportagem do Portal 6 para dizer que tinham apenas quatro frascos no local.

Devido a falta do produto na cidade, o álcool em gel teria sido comprado em um supermercado para ser revendido no estabelecimento.

Os detalhes da fiscalização foram divulgadas pelo Procon, uma fonte oficial, por isso, esta publicação não sofrerá nenhuma alteração.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.