Portal 6

Em nota pública, comerciantes e industriais de Anápolis pedem menos rigor de medidas restritivas

(Foto: Divulgação)

“Estamos buscando muitas outras medidas e providências para diminuir o impacto dessa crise que levará anos para normalizar o efetivo”, avisou a entidade

Nota divulgada pela Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA) no início da tarde desta quarta-feira (25) engrossa o coro dos que pedem calma e menos rigor às medidas governamentais de restrição e isolamento social na cidade.

No documento, que está sendo amplamente compartilhado nas redes sociais, a entidade ressaltou que é solidária a esse momento de guerra contra o novo coronavírus, mas que acredita que a paralisação total da economia causará ainda maiores à população.

A ACIA, que representa comerciantes e industriais de Anápolis, também orienta que os associados dispensem colaboradores que se enquadram no grupo de risco e tome as precauções necessárias para continuarem funcionando.

Dentre essas precauções está a diminuição da quantidade de funcionários por ambiente, elaboração de escalas de trabalho, distanciamento dos funcionários e uso de álcool em gel.

“Acreditamos que no futuro a população mais carente e os grupos mais vulneráveis sofrerão maiores (sic) prejuízos e, por isso, estamos buscando muitas outras medidas e providências para diminuir o impacto dessa crise que levará anos para normalizar o efetivo”, alertou.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.