Portal 6

Prefeitura de Anápolis já teve 13 casos de Covid-19 confirmados entre servidores

(Foto: Bruno Velasco)

Centro Administrativo e outros prédios do município estão passando por sanitização e sistema home-office foi autorizado para grupo de risco

Levantamento realizado pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Anápolis a pedido do Portal 6 aponta que até quarta-feira (20) um total de 13 casos de Covid-19 foram confirmados entre os servidores da Prefeitura de Anápolis.

Segundo o órgão, dez finalizaram a quarentena e estão livres da doença e os outros três cumprem o período de isolamento domiciliar. A quantidade de servidores públicos municipais que contraíram o novo coronavírus representa 10.6% dos 122 casos já confirmados na cidade, percentual que poderia ser maior se outros 24 investigados tivessem testado positivo.

Além do uso obrigatório de máscara e álcool em gel, a Prefeitura de Anápolis alega que tem sanitizado os ambientes do Centro Administrativo e dos prédios alugados por meio de uma empresa terceirizada.

O sistema de home-office também foi autorizado para servidores municipais do grupo de risco. O rodízio de funcionários aliado ao distanciamento de segurança e controle do fluxo de pessoas foram outras medidas para diminuir o risco de contágio.

Home-office

A Prefeitura de Anápolis tem atualmente um total de 8.951 servidores, sendo que 6.694 são efetivos e 1.115 lotados em cargos de comissão. De todo o montante, segundo a administração, 212 estão cumprindo a jornada de trabalho em casa com o acompanhamento do Núcleo de Apoio à Saúde do Servidor de Anápolis (NASSA).

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano tem o maior número de servidores em home-office, com 32. Na sequência vem as pastas de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda (25),  Educação (24) e Cultura (23).

É de responsabilidade do NASSA adaptar as tarefas de cada servidor que está trabalhando de casa. Segundo a Prefeitura de Anápolis, o órgão também dá suporte tecnológico e realiza atendimentos psicológicos àqueles que precisam de acolhimento.

Quer comentar?

Comentários