PublicidadePublicidade

Uso de fuzis em operação que afastou prefeito tucano deixou moradores de Silvânia com medo

Armamento é o mais forte que as polícias podem portar no Brasil e são usadas em operações de grande risco e possível confronto com bandidos

Carlos Henrique Carlos Henrique -

Município com pouco mais de 20 mil habitantes, Silvânia ‘acordou’ assustada com as dezenas de policiais encapuzados e ostentando fuzis pelas ruas.

Esse tipo de armamento é o mais forte que as polícias podem portar no Brasil e geralmente são usadas apenas em operações de grande risco e possível confronto com bandidos, conforme especialistas ouvidos pela seção Rápidas do Portal 6.

Batizada de ‘Operação Hércules’, a força-tarefa está investigando fraudes no contrato de coleta de lixo da cidade após denúncias feitas ao TCM.

PublicidadePublicidade

Um acordo entre o prefeito José Faleiro, do PSDB, e empresários teria causado um rombo de pelo menos R$ 400 mil aos cofres da Prefeitura – que executava todo o serviço sozinha mesmo pagando por ele.

Afastado do cargo, o “Zé”, como é conhecido em Silvânia, estava concluindo o segundo mandato e começava a aumentar a popularidade com a condução da crise do novo coronavírus.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade