PublicidadePublicidade

Jovem tocou o terror em distrito de Anápolis e agora está proibido de voltar para casa

Esposa também tem prazo para tornar a situação dele ainda mais complicada diante da Justiça

Da Redação Da Redação -

Uma jovem, de 28 anos, procurou a Polícia Civil de Anápolis nesta segunda-feira (10) para registrar uma ocorrência de agressão generalizada.

O Portal 6 apurou que o ex-marido dela, que também tem 28 anos, teria invadido a casa da vítima, no distrito de Joanápolis, no final da tarde de domingo (09) e tentado levar à força a filha deles, uma criança que não teve a idade confirmada.

Após a jovem, com ajuda do pai, segurar a filha e pedir para o homem sair da residência, ele teria partido pra cima dela e a empurrado.

PublicidadePublicidade

A cunhada da vítima, que também estava no local no momento, tentou intervir e foi agredida com diversos murros e socos.

Ao saber da confusão, um primo e o próprio pai do autor se dirigiram até à casa para tentar acalmar e retirar o agressor – o que também não foi suficiente – já que ele acabou agredindo os familiares também.

Depois de ouvir o relato da jovem, os agentes lhe orientaram da seguinte forma: ela terá um prazo de seis meses para representar criminalmente contra o ex-marido e dar início ao inquérito policial.

Por enquanto, ela deve receber uma medida protetiva de urgência para proibir o agressor de se aproximar dela e da casa.

Se ele descumprir, poderá ser preso sem possibilidade de pagar fiança para responder em liberdade.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade