PublicidadePublicidade

Delegacia foi o destino final após homem ser atendido em UPA de Anápolis

Agora, ele está à disposição do Poder Judiciário para responder por dois crimes

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação)

Um homem de 54 anos teve de ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU), nesta segunda-feira (07), após sentir fortes dores no peito e falta de ar enquanto estava sendo detido em Anápolis.

Tudo começou quando a irmã dele, de 57 anos, acionou a Polícia Militar para denunciar ter sido vítima de injúrias e ameaças, mesmo tendo uma medida protetiva que o obriga a ficar distante.

Especialmente nesta segunda (07), o homem teria aparecido na porta da casa dela, no Viviam Parque, na hora do almoço, para xingá-la com várias palavras de baixo calão.

PublicidadePublicidade

Durante um patrulhamento, a corporação encontrou o suspeito no Setor de Sítios Vale das Laranjeiras. Na frente da equipe, ele teria xingado novamente a irmã e dito que quando saísse da cadeia iria quebrar o pescoço dela.

A caminho da delegacia, porém, o homem começou a se sentir mal e precisou ser encaminhado à UPA da Vila Esperança, onde teve de passar por exames e ser medicado.

As dores teriam sido provocadas devido ao fato de que ele passou por um cateterismo há apenas 34 dias e estaria em processo de recuperação.

Mesmo assim, depois de receber atendimento médico, foi levado para Central de Flagrantes e colocado à disposição do Poder Judiciário para responder por injúria e ameaça.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade