PublicidadePublicidade

Em Anápolis, pastor é suspeito de se aproveitar de confiança de idosa para deixá-la na miséria

Crime já foi denunciado na delegacia e pena pode chegar a até quatro anos de prisão

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação)

Por causa de uma denúncia anônima, a Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (DEAI) de Anápolis deverá iniciar uma investigação contra um pastor.

É que o homem, que não teve a identidade revelada, está sendo apontado como o suspeito de deixar uma idosa, de 91 anos, passando por muitas dificuldades financeiras e de saúde.

A situação, conforme a denúncia, começou há cerca de dez anos, quando a vítima teria repassado ao líder religioso uma procuração para que recebesse a pensão dela, no valor aproximado de R$ 4.500.

PublicidadePublicidade

O objetivo era que ele a ajudasse, pagando medicamentos, plano de saúde, alimentação e qualquer outra coisa que a senhora precisasse.

No entanto, o pastor nunca teria entregue a quantia para a idosa, que estaria tendo de sobreviver apenas com um valor mensal de R$ 300 a R$ 400.

O possível autor também é de idade e já teria uma renda de um salário, além do aluguel que recebe de um apartamento, mas mesmo assim estaria tomando para si a maior parte dos rendimentos da vítima.

O caso foi registrado como apropriação de bens de idosos, que pode resultar em uma pena de um a quatro anos de prisão.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade