PublicidadePublicidade

Juiz nega pedido de homem que agrediu a ex com martelo em Anápolis

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
PublicidadePublicidade

O juiz José de Bessa Carvalho Filho, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, negou o pedido do ex-companheiro da empresária Mayana Bispo Ferreira, de 28 anos, que queria a revogação das medidas protetivas contra ele.

Délio Alves Sobrinho, de 51 anos, que agrediu a vítima com martelo, alegou que o afastamento estava prejudicando a gestão dos negócios que ele tem. “Todavia, não cuidou sequer de providenciar a juntada de documentação acerca da existência de tais empreendimentos”, destacou o magistrado.

Ambas partes já foram notificadas da decisão, que saiu na segunda-feira (28). No documento, que o Portal 6 teve acesso, o juiz José de Bessa Carvalho Filho reforçou que da data das agressões até agora não houve modificação no “quadro fatídico” e que por isso a proteção à Mayana deve continuar.

PublicidadePublicidade

Sobre a administração de bens do casal, ao qual Délio reivindica, o magistrado ponderou que não cabe à Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher decidir sobre essa questão. Mayana é dona de uma loja de calçados no Centro de Anápolis e o caso veio a público após ela gravar um vídeo relatando a situação.

https://www.instagram.com/p/CD2EX-uD8oi/?utm_source=ig_embed

“Eu jurava que fazendo tudo certinho, fazendo o corpo de delito, fazendo tudo, fazendo o pedido, alguma coisa ia ser feita”, desabafou à época após ter o primeiro pedido de medidas protetivas negada. Foi só depois do caso viralizar e do laudo do IML comprovando as agressões vir à tona que o instrumento foi concedido.

Desde então, Délio está obrigado a ficar distante a pelo menos 300 metros da ex e testemunhas, além de estar proibido de frequentar locais que ela costuma, como a loja, e ir ou estabelecer qualquer tipo de contato com Mayana.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade