PublicidadePublicidade

Em vídeo, Valeriano justifica porque agrediu jornalista em rádio de Anápolis

Candidato a prefeito, reforçou a mesma posição em debate virtual com os demais postulantes

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Candidato a prefeito de Anápolis pelo PSL, Valeriano usou as redes sociais para dar a versão dele sobre o lamentável episódio de agressão contra o jornalista Weber Wiit, da Rádio 96 FM, durante o programa Observatório nesta quarta-feira (14).

“Foi algo impensado, mas algo que não teve também objetivo nem gerou qualquer lesão no rapaz que é o produtor e que provocou toda essa situação”, afirmou o postulante em um vídeo de pouco mais de três minutos, disponibilizado no Facebook e Instagram.

Imagens realizadas pela Portal 6, no entanto, mostram que Weber Wiit ficou com o olho roxo. O jornalista registrou queixa na Delegacia-Geral e realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). O 1º DP vai apurar o caso.

PublicidadePublicidade

Ainda no vídeo, Valeriano justificou que cometeu a ação para defender a esposa. Segundo o candidato, Lorena Abreu estava ao lado dele e Weber Wiit queria que ela se retirasse do programa. “Depois veio pedindo que eu saísse rapidamente e acabou ainda por me dar um empurrão na saída no estúdio”, pontuou. O fato é negado pelo jornalista.

Valeriano, que durante a entrevista se irritou por ser questionado sobre o tempo em que foi sindico de um prédio, também registrou boletim de ocorrência. Ele não falou com a imprensa após sair da delegacia, mas no vídeo disse que solicitou a coleta das imagens das câmeras de segurança da recepção da rádio para fins de investigação. Em debate virtual com candidatos a prefeito, ele reforçou essa posição.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade