PublicidadePublicidade

Motoristas em coma alcoólico são presos pela Polícia Civil de Anápolis

"Muitos não conseguiram nem descer dos seus veículos e mesmo assim colocaram em risco a própria vida e a de terceiros", afirmou delegado

Rafaella Soares -

Pelas ruas de Anápolis nas madrugadas da sexta (23) e deste sábado (24), policiais da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT) surpreenderam 54 motoristas dirigindo bêbados.

Destes, um total de dez condutores conseguiram superar a tolerância criminal e tiveram de ser presos em flagrante.

O caso que mais chamou atenção foi de uma agente comunitária de saúde do munícipio, que passou pelo bafômetro e estava com 1,06 mg/l de álcool no organismo.

Ela foi presa pelo mesmo motivo no ano passado e, como a fiança dobra de valor em caso de reincidência, a servidora não conseguiu pagar e foi levada para o Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública da cidade.

A situação dessa mulher porém, não é mais atípica. Segundo o delegado Manoel Vanderic, os índices de bafômetro no trânsito de Anápolis estão cada vez maiores.

“Os elevados teores acima de 1,0 são definidos pela medicina como coma alcoólico. Muitos motoristas não conseguiram nem descer dos seus veículos e mesmo assim dirigiam pela cidade, colocando em risco a própria vida e a de terceiros”, afirmou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade