PublicidadePublicidade

‘Tô destruído emocionalmente e liquidado profissionalmente’, diz Valeriano Filho em novo áudio com indiretas

Cerimonialista chora, mas qualifica palavras ditas a faxineira como “coisa boba” e diz que ‘não merece o que está passando’

Rafaella Soares Rafaella Soares -

Um novo e longo áudio do cerimonialista Valeriano Filho, de 59 anos, está sendo compartilhado em grupos de WhatsApp, sobretudo os que têm profissionais da área de eventos em Anápolis.

Diferente dos outros que viralizaram, em que ele aparece aos gritos humilhando uma diarista e uma colega de profissão, neste ele faz cobranças e um longo desabafo.

No início, para se justificar, Valeriano diz apenas que ‘pegou pesado’ com a faxineira e qualifica o episódio como “como coisa boba”. Sem indicar provas, ele diz ainda que familiares da vítima teriam ‘vendido’ os áudios com os xingamentos para a imprensa.

PublicidadePublicidade

“Que discriminação o quê! A Zezinha é da minha casa, é minha amiga”, sustentou.

Choro

O cerimonialista cita ainda exemplos de comportamento reprováveis, como traição em casamento, para insinuar que ninguém do grupo poderia ‘crucifica-lo’.

“Admitir que pessoas postem coisas contra mim, no meu grupo, eu não vou aceitar não. Podem sair. Nem que fique só eu no grupo”, diz, se contradizendo em seguida, ao alegar que houve aqueles que ‘saíram do grupo sem pegar o telefone para ligar’ e oferecer alguma palavra amiga.

Em um dado momento, ele chora ao contar que pessoas desconhecidas estariam lhe mandando mensagens ofensivas.

O profissional finalizou o monólogo dizendo que é um absurdo que as pessoas destruam a imagem de uma pessoa que precisa trabalhar para sobreviver. No caso essa pessoa séria ele.

“A mãe matou o filho sábado e ninguém comentou. Acabaram com o nome meu. Vocês acham que eu estou aqui rindo? Tô não. Eu tô destruído emocionalmente. Eu tô liquidado profissionalmente [sic]”.

Ouça na íntegra

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade