PublicidadePublicidade

Valeriano perde o último programa de TV após acusação contra Roberto

Na decisão, juíza enfatizou que ilações sobre superfaturamento de cestas básicas são inverídicas e concedeu direito de resposta ao atual prefeito

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

A juíza Marianna Azevedo Lima Siloto retirou o último programa eleitoral de Valeriano Abreu (PSL), que seria veiculado na noite desta quinta-feira (12). No lugar, entrou um direito de resposta do atual prefeito Roberto Naves (PP).

Com o fim da disputa se aproximando, diversas peças com acusações a respeito de uma suposta compra superfaturada de cestas básicas foram produzidas e exibidas pela campanha do candidato do PSL desde o início da semana.

Na decisão, a magistrada enfatizou que as ilações não procedem e enquadrou o caso como “notícia sabidamente inverídica, nos termos art. 58, caput, in fine, da Lei n.º 9.504/97” (Lei Eleitoral).

PublicidadePublicidade

Marianna Azevedo Lima Siloto ponderou que foi apresentada pela defesa de Roberto toda a documentação comprovando a lisura no processo de compra.

“Com pesquisa prévia de preços dos produtos, comprovando, para fins deste juízo preliminar, que os valores contratados pela Administração Pública na aquisição de cestas básicas [….] são usuais aos praticados no mercado”.

Além da Justiça Eleitoral, Roberto também denunciou Valeriano à Polícia Civil (PC). Confira a peça de direito de resposta do atual prefeito exibida no lugar da propaganda do candidato do PSL:

[jnews_block_3 first_title=”Navegue pelo assunto” include_post=”132871″]

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade