PublicidadePublicidade

Em Anápolis, policiais da DICT flagram 65 motoristas bêbados e salvam homem de atropelamento

Da Redação Da Redação -

As madrugadas de sexta (11) e deste sábado (12) foram de muito movimento em Anápolis.  Ao todo, 65 motoristas foram flagrados dirigindo bêbados e terão de pagar multas que variam entre três e seis salários mínimos.

De acordo com o delegado Manoel Vanderic, titular da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT), 13 desses condutores ultrapassaram a tolerância criminal e tiveram de ser presas.

“Teve um motorista que o bafômetro deu 1,10 mg/l de álcool no organismo. Ele estava com oito pessoas no carro e o pneu já estava pegando na lata de tanto peso. Ainda ia pegar a rodovia. Ele disse que estava voltando da confraternização de final de ano da empresa que trabalha”, relatou ao Portal 6.

PublicidadePublicidade

Em um outro momento, conforme Vanderic, os policiais da DICT tiveram que arrastar um homem, para que não fosse atropelado por um bêbado que estava tentando fugir de outra abordagem.

“Esse subiu a Avenida JK, nas proximidades da Havan, em altíssima velocidade e com a garrafa de cerveja na mão. Ele não enxergou a viatura e tivemos que arrastar o outro motorista para não ser atropelado. Quase colidiu com as viaturas e teve de ser perseguido. Disse que estava fugindo de outra barreira na Praça Dom Emanuel”, detalhou o delegado.

Conforme dados da DICT, 2020 já é o ano mais violento na história do trânsito de Anápolis. Mais de 100 pessoas morreram e a embriaguez, aliada ao uso de celular e alta velocidade, são os principais responsáveis.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade