PublicidadePublicidade

Ajudou vítima de acidente, depois foi demitido e não se arrepende

Avatar Gabriella Licia -

Um trabalhador de 35 anos foi despedido após perder completamente a pontualidade. O que o patrão não quis saber, foi que o funcionário se atrasou enquanto salvava a vida de um outro homem, que havia capotado o carro em uma rodovia de Bertioga, litoral de São Paulo.

Robsom Santos saiu apressado de casa, pois estava em treinamento para ser efetivado no trabalho. No entanto, durante o caminho, presenciou um acidente, onde o motorista perdeu o controle do veículo e capotou várias vezes.

“Eu vi tudo. Capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, afirmou ele, em entrevista ao G1.

PublicidadePublicidade

No momento em que o carro saiu da rodovia e entrou em uma vala, localizada em uma área de mata, o trabalhador decidiu desistir dos compromissos e correr até à vítima para socorrê-la.

Visualizando o homem submerso na água da vala, ele precisou agir rápido, antes que o pior acontecesse.

“Falei ‘oi, tudo bem? Tem gente?’. Aí ele falou ‘tem, eu estou sozinho’. Mandei ele tirar o cinto, para tirar ele, porque não conseguia virar o carro”, relembrou.

Além de Robsom, outros dois homens se envolveram no resgate.

Minutos depois, a equipe improvisada conseguiu retirar o motorista do automóvel, deixando ele próximo ainda ao local, aguardando os profissionais de emergência.

“Ele estava com muito medo, muito assustado, em choque. Quando vi que ficou bem, saí para ir ao trabalho”, relata.

De acordo com a Polícia Rodoviária, o homem sofreu apenas ferimentos leves e foi encaminhado ao Hospital Municipal de Bertioga.

Após cumprir a missão, o paulista seguiu o trajeto ao trabalho. Entretanto, como previa, ao chegar la, recebeu a informação que seria despensado devido ao atraso.

Ele afirma não se arrepender, pois, por ser pai de duas crianças, se compadeceu com a situação.

“Não sei se o rapaz era pai de família, meu intuito era ajudar. Eu estava no lugar certo e na hora certa, mesmo com horário atrasado”, brinca o desempregado.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade