PublicidadePublicidade

Preso homem apontado como assassino de deficiente visual em Anápolis

Prisão dele é resultado de ação conjunta entre o 28º BPM e o GIH

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação)

Atualizado às 20h

Um homem de 34 anos foi detido na noite desta quarta-feira (05) suspeito de ser o responsável pela ação violenta que resultou na morte de Wilson Aparecido de Souza Lobo, de 21 anos, em 16 de abril de 2020.

A localização foi feita por policiais do 28º BPM, que trocaram informações com o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e descobriram que ele tinha um mandado de prisão em aberto.

PublicidadePublicidade

Um patrulhamento foi realizado até que os militares encontraram o carro do suspeito, que estava trafegando por uma rua do Jardim Progresso.

Uma rápida pesquisa apontou que o homem já tinha passagens por ameaça, dirigir sem habilitação, tráfico de drogas, associação para fins de tráfico, rebelião de presos, adulteração de sinal identificador de veículos e homicídio.

Uma busca chegou a ser realizada no veículo dele, mas não havia nada ilícito. O suspeito, porém, confessou que tinha uma porção de maconha, para consumo próprio, escondida no porão de casa.

A droga foi apreendida e ele teve de ser encaminhado à Central de Flagrantes. Além do cumprimento de mandado de prisão pela execução de Wilson, ainda deve responder por posse de drogas.

Em tempo

Wilson estava em casa, durante a madrugada, quando o suspeito teria invadido a residência da família. Para evitar que a irmã fosse ferida, a vítima interviu e acabou sendo golpeada com uma faca.

Deficiente visual, ele ainda foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), mas os ferimentos eram graves demais e nada pôde ser feito para salvá-lo.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade