PublicidadePublicidade

Estuprada após pegar ônibus errado, adolescente foi vítima de mais um crime em Anápolis

Caso está sendo investigado pela DPCA e Conselho Tutelar já fez o registro de outro boletim de ocorrência

Da Redação Da Redação -
(Foto: Danilo Boaventura)

Já está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis o caso da garota de 17 anos que denunciou ter sido alvo de violência sexual na zona rural da cidade, na segunda-feira (31).

A menina já prestou depoimento e um detalhe que surpreendeu as autoridades policiais foi o fato de que ela revelou ter sido vítima do estupro pouco após também sofrer violência doméstica.

A titular da DPCA, Kênia Segantini, contou ao Mais Goiás que a adolescente apanhou do namorado e por isso decidiu sair de casa para ir até a residência de uma tia.

PublicidadePublicidade

Foi neste momento que pegou um ônibus errado e acabou se perdendo. Ao pedir informações em uma oficina de motos, um homem ofereceu para levá-la até o destino que precisava.

A adolescente aceitou, mas o desconhecido teria se desviado da rota e a levado para o meio de um matagal. Lá, teria colocado uma faca no pescoço dela, a ameaçado de morte e cometido o estupro.

Após o primeiro ato, ainda estaria preparando para um segundo abuso. No entanto, se distraiu com a faca e a menina afirma ter saído correndo e gritando por ajuda. O autor ainda não foi encontrado.

O Conselho Tutelar, que está acompanhando a menor, também registrou um novo boletim de ocorrência pela violência doméstica.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade